A Arte de Empreender na Economia Criativa

Cada vez mais as universidades brasileiras estão apoiando o empreendedorismo criativo e inovador, com núcleos dedicados ao empreendedorismo e à inovação, pesquisas, cursos, parcerias e literatura de negócios.

No dia 11 de abril, às 18:30 horas, na Belas Artes em São Paulo, tive o prazer de estar presente neste evento de lançamento com parentes, amigos e outros coautores, autografando o livro: “A Arte de Empreender na Economia Criativa: Pensar, compreender e agir” lançado pela Editora Reflexão (business).

O livro, que faz parte da Série Economia Criativa do programa de Pós-graduação do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo, conta com os autores: Leila Rabello, Miguel Arab, Patrícia Cardim, Flávia Rodrigues, Yuri Cunha, Jessica Lopes, Jo Souza, Luciana Antunes, Renato Teixeira, Rodrigo Amorim, Sidney Leite, Dario Vedana e Nei Grando.

Esta publicação que incentiva o desenvolvimento de negócios por pessoas de natureza artística e criativa, de maneira teórica, prática e objetiva, demonstra a importância do saber para empreender. O Foco do livro é auxiliar os interessados em empreendedorismo, principalmente, os estudantes em universidades.

A arte de empreender na Economia Criativa

A apresentação foi escrita pelo Reitor do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo, Prof. Dr. Paulo Antônio Gomes Cardim, e os autores, todos com ótima formação acadêmica, de uma forma ou de outra envolvidos com a economia criativa e com empreendedorismo, contribuiriam com dedicação nos seguintes capítulos:

  1. Empreender na economia criativa: O processo de combinar arte com conhecimento, por Leila Rabello De Oliveira, e Miguel Angelo Arab
  2. Empreendedorismo na educação superior: Como formar criativos na era digital, por Patrícia Cardim, e Flavia Rodrigues
  3. Escolas de negócios, empreendedorismo e o olhar para o futuro, por Yuri Lazaro De Oliveira Cunha
  4. Empreender como personal shopper: O mediador e curador para o consumo guiado, por Jessica Lopes Teixeira Santos, e Jo Souza
  5. A comunicação no empreendedorismo: Novas perspectivas de comunicação corporativa, por Luciana Antunes, e Renato Teixeira
  6. Empreender na modernidade líquida: Nada se cria, tudo se transforma, por Rodrigo Lima De Amorim
  7. Como seria o mundo sem você? Indivíduos fazem a diferença: uma análise de A felicidade não se compra, por Sidney Ferreira Leite
  8. Atitude empreendedora para transformar uma ideia em oportunidade de negócio, por Dario Vedana
  9. Desenhando e validando o modelo de negócios, por Nei Grando

O foco do meu capítulo “Desenhando e Validando o Modelo de Negócios” é mostrar a importância do design de um modelo de negócio, bem como o esforço de validação de hipóteses que  visam aumentar as chances de êxito do empreendimento. Porém, antes de abordar o modelo de negócios e sua validação, são apresentados alguns tópicos que podem ser muito úteis na busca de oportunidades e na geração de ideias criativas e promissoras. Para isso, considerei uma pequena introdução ao Design Thinking, baseada em informações disponibilizadas por Tim Brown da IDEO e pela escola de design de Stanford, seguido de algumas dicas de Scott Belsky sobre como fazer as ideias acontecerem na prática, e de uma apresentação resumida de diferentes formas de se iniciar um empreendimento, conforme artigo de Saras Saravasthy.

Na sequência apresento de uma forma resumida a modelagem de negócios usando-se como ferramenta o quadro (canvas) proposto por Alexander Osterwalder e Ives Pigneur, realçando em outro tópico a construção de propostas de valor inovadoras em outro quadro (canvas) específico para tal. E para finalizar, apresento de forma resumida as duas primeiras etapas do processo do modelo de desenvolvimento do cliente, proposto por Steve G. Blank, que ajudam a validar as hipóteses do modelo de negócios, buscam o ajuste do problema à solução, e o ajuste do produto e/ou serviço ao mercado.

Acredito que este livro será muito útil a qualquer um que deseja empreender em produtos e serviços inovadores gerados por suas ideias criativas, reduzindo as incertezas que fazem parte deste tipo de negócio e facilitando as tomadas de decisão durante as fases iniciais.

Referências:

Veja também:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s